Obesidade ocorre cada vez mais antes dos 5 anos, diz OMS

0
340

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou ontem que o número de crianças menores de cinco anos que está acima do peso pode ser de 20 a 30% superior ao que se calculava, segundo novos padrões de crescimento adotados. Os dados estimados pela OMS apontam pelo menos 20 milhões de crianças menores de cinco anos e 1 bilhão de adultos em todo o mundo estejam acima do peso ideal. Outros 170 milhões de crianças estão abaixo do peso, e três milhões delas morrem por ano de desnutrição. A agência da ONU disse torcer para que pais comecem a aplicar as novas regras para conter “a crescente epidemia de obesidade infantil”. Trata-se de novas tabelas de crescimento que são um guia universal para pais e trabalhadores da saúde quanto às correlações normais entre peso, altura e idade das crianças. Os novos padrões da OMS resultaram de um estudo de quase dez anos, que concluiu que o crescimento das crianças até os cinco anos é influenciado mais por fatores ambientais – o que inclui alimentação – do que pela genética. Para formar o estudo global, os pesquisadores acompanharam mais de 8.000 crianças no Brasil, Gana, Índia, Noruega, Omã e Estados Unidos, do nascimento aos cinco anos, medindo-as e pesando-as 21 vezes.